Música tradicional venezuelana

Instrumentos típicos da venezuela

A música tradicional venezuelana, como outras formas culturais é produto de um longo processo de miscigenação em que se uniram traços indígenas, europeus e africanos. Graças a esta unção, novas formas musicais surgiram ao longo dos anos como o joropo, o gênero mais representativo do país, que utiliza o cuatro (violão de quatro cordas), a harpa, as maracas e a bandola (semelhante ao cuatro mas com corpo em forma de pêra) como instrumentos. O joropo se originou nos Llanos, região localizada entre a Venezuela e a Colômbia na bacia do Orinoco, e se tornou a identidade nacional do país.

Musica venezuelana

Joropo

O joropo é um gênero musical e dança tradicional que encontramos na Venezuela e na Colômbia nos Llanos. Dentro do Joropo, encontramos diferentes variantes regionais: Joropo Central, Joropo Oriental, Guayanés Joropo, Larense Joropo ou Tocuyano Hit, Quirpa e Llanero Joropo. O Joropo é caracterizado por uma coreografia de dança encadeada onde a mulher se agarra ao homem com as duas mãos. A dança representa o domínio do homem sobre a mulher, pois é ela quem toma a iniciativa e determina as figuras.

O bônus

É o evolução das canções europeias e é composto por versos hexassílabos. Cada região tem diferentes bônus de Natal, mas todos estão relacionados ao nascimento do menino Jesus.

A festa

Como o Aguinaldo, La Parranda também é típica da época do Natal. Na verdade, deriva do bônus de Natal e os instrumentos usados ​​são o cuatro e as maracas. Embora derivem da Estreia, não se baseiam exclusivamente no nascimento do menino Jesus, sem tratar também de festas típicas de Natal, como o Ano Novo.

A gaita de foles zuliana

Originária da região de Zulia, a gaita de foles foi sendo gradualmente adotada em todo o país e já faz parte da música tradicional de Natal. O tema principal da gaita de foles, ao contrário das anteriores, é o louvor religioso, embora nos últimos anos, em parte devido à sua adoção em grande parte do país, Também tratam de temas como crítica social, festas, temas amorosos ...

Merengue venezuelano

De acordo com sua origem rítmica, podemos classificar os merengues venezuelanos em três grupos: Caracas, Oriental e Larense. O merengue venezuelano em geral, nos oferece letras picarescas e tradicionais, onde pequenas histórias são contadas sobre as tradições e histórias da época. Os principais instrumentos utilizados no merengue são o trompete, o sax, o trombone e o clarinete, que são acompanhados pelo cuatro, pela caixa e pelo contrabaixo.

Bambu

https://youtu.be/Rq46SsxsBqg

Dentro da música andina destaca-se o Bambuco, que se caracteriza por ser romântico, melodias idílicas com certas nuances majestosas, localizadas principalmente nos estados de Zulia, Lara e Distrito da Capital. O Bambuco tem sua origem na Espanha e América com ritmo e cadência rítmicos. Os principais instrumentos utilizados no Bambuco são o piano, violão e baixo, embora às vezes o violino, o cuatro e a flauta também estejam acoplados.

Música camponesa

Localizada nos estados de Mérida, Tachira e Trujillo, é a expressão cultural da Cordilheira dos Andes. A principal diferença com a música llanera é a mudança do güiro para as maracas e do violão para a harpa. No início dos anos 70 começaram a formar-se os primeiros grupos musicais e desde então evoluiu e deu-se a conhecer até aos dias de hoje. Os principais Os instrumentos utilizados na música camponesa são o violino, a guitarra, o cuatro, o güiro e o requinto.. Os estados de Mérida, Tachira e Trujillo estão localizados próximos à fronteira com a Colômbia, por isso foram influenciados pelo bezerro colombiano.

O Callao

Callao difere principalmente dos outros gêneros musicais porque usa teclados e baixos elétricos além da charrasca, o sino de vaca, os instrumentos de sopro e o cuatro venezuelano. Ao incorporar instrumentos eletrônicos, El Callao poderia ser considerada a música venezuelana que menos seguia as tradições do país.

Calipso

Na música afro-caribenha, encontramos o venezuelano Calypso iimportado de Trinidad no final do século XNUMX para os imigrantes que vieram para a Venezuela durante a corrida do ouro.

Galley

O galerão é caracterizado por ter uma batida lenta e geralmente acompanhada de cuatro, violão e bandolim. Os temas das letras tratam de temas patrióticos, religiosos, sentimentais e filosóficos. É muito comum em comemorações e festividades e cada estado costuma ter suas próprias versões personalizadas.

fulia

Como outros estilos musicais, o fulía é cantada ou recitada interpretada em combinação com a guitarra, bandolim, cuatro e bandola. O ritmo do fluxo é muito alto, mas não pode ser dançado devido a várias crenças religiosas.

Polo

Ao contrário da cozinha, o polo é muito mais alegre e conta anedotas a vida quotidiana dos habitantes, enquanto realizam as tarefas habituais que lhes foram confiadas nas respectivas cidades.

Malaguenha

De origem espanhola, é da ritmo livre e improvisado mas sempre repetindo os mesmos acordes do acompanhamento. Semelhante ao jot, mas diferente dele, é cantado em tom mais alto. Os instrumentos que acompanham a malagueña são o violão, o cuatro e o bandolim.

Jota

Canção triste e melancólica que conta histórias relacionadas à pesca e ao amor. Geralmente é acompanhado por violão, cuatro e bandolim. De origem espanhola, é muito semelhante à malagueña, mas difere porque a jota é cantada em tom mais baixo, mas os instrumentos que acompanham são os mesmos.

Instrumentos musicais venezuelanos

A música tradicional venezuelana é baseada principalmente na uso de quatro instrumentos musicais, que ao longo do tempo foram aperfeiçoando e aprimorando seu som: quatro, maracas, harpa e bandola.

Quatro

Quatro venezuelanos

Também chamado de cCuatro llanero, Cuatro Creole ou Cuatro Traditional é um instrumento de cordas, que indica o nome, é composto apenas por quatro strings. Enquadra-se na classificação de violões antigos e espanhóis de tamanho reduzido em comparação com os violões tradicionais. Este instrumento é o mais emblemático da música venezuelana, pois é utilizado tanto no campo como nas grandes cidades. Pode ser tocado individualmente se você precisar de mais instrumentos ou como um companheiro para outros.

Maracás

Maracas venezuelanas

Maracas são amplamente utilizadas en cultura popular cubana e o folclore do Llano localizada entre a Venezuela e a Colômbia, em seu interior podemos encontrar desde pequenas pedras, até sementes, passando por cristais, arroz e pequenos pedaços de metal. As maracas são utilizadas na Venezuela desde os tempos pré-colombianos e são um dos instrumentos de percussão mais importantes da música do país.

Harpa Llanera

Harpa da Venezuela

Um instrumento de origem europeia que foi posteriormente introduzido nos Llanos da Venezuela e da Colômbia pelos conquistadores espanhóis. através das diferentes missões religiosas que foram estabelecidos para espalhar o catolicismo através da música. A harpa llanera pode ser composta por 32 ou 33 cordas de diferentes espessuras e estão organizadas de acordo com a sua espessura. Ao contrário de outros instrumentos de cordas, a harpa llanera não possui pedais para alterar o som que este instrumento nos oferece.

Bandola

Bandola Llanera

Dentro da bandola encontramos dois tipos de instrumentos: bandola llanera e bandola oriental. O bandido llanera, como o nome indica, pode ser encontrado nas planícies da Venezuela e da Colômbia. A banda de llanera também possui sete trastes (existindo separação na escala do braço dos instrumentos de cordas). Por outro lado, encontramos a bandola oriental, feita com cordas de náilon e é usada para interpretar a música tradicional venezuelana como o Joropo.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

6 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1.   Eddy Pérez dito

    Eu quero que você me conte tudo sobre a música tradicional venezuelana
    para meu filho que tem exposição sobre esse assunto

  2.   Joseanny dito

    eu não

  3.   Santiago Afonzo Baptista Silva dito

    Obrigado pela informação, tem o que preciso

  4.   Corina brito dito

    O que eu precisava era que ele me falasse sobre a evolução

  5.   Yinets marina dito

    Eu quero é o que a música tem em cada estado

  6.   rroas pêssego dito

    :cocô: