Colômbia, um país multicultural

culturas da colombia

Como muitos outros países americanos, A colômbia é um país multicultural, caldeirão de todos os tipos de raças e civilizações. Justamente isso riqueza e diversidade É um dos grandes orgulhos do povo colombiano e nele reside boa parte de sua essência.

A diversidade cultural e etnográfica deste país sul-americano é fruto da a mistura de três grupos étnicos principais originários de três continentes diferentes: América, Europa e África. Esse processo começou com a chegada dos espanhóis há cinco séculos e continua a se desenvolver até os dias de hoje com a chegada de imigrantes de vários países da Europa, do Oriente Médio e, em menor escala, de países asiáticos.

No último censo realizado na Colômbia, a grande maioria da população (cerca de 87%, ou seja, mais de 38 milhões de pessoas) foi classificada "sem etnia". Isso é expresso nos dados do Departamento Administrativo Nacional de Estatística (DANE). No entanto, a verdade é que grande parte da população é, em maior ou menor medida, fruto da miscigenação.

Na realidade, esta categoria de "sem etnia" serve para abranger a grande maioria dos colombianos que não podem ser rotulados em categorias mais específicas, como a de Afro-colombiana (quase 3 milhões de pessoas) ou indígena (Milhões 1,9).

diversidade étnica colômbia

Colômbia, um país multicultural.

Principais grupos étnicos da Colômbia

A Colômbia é um dos países com maior diversidade étnica e linguística do mundo. Estes são os grupos mais importantes:

Mestiços

Eles são o grupo majoritário. A mestiçagem entre europeus e nativos americanos começou desde os primeiros anos da conquista espanhola. O grupo mestiço É o mais numeroso da Colômbia e é encontrado com muita regularidade em todo o território. Estima-se que cerca de 80% dos colombianos tenham origens étnicas europeias e indígenas.

Caucasianos

É um grupo menor em que predominam as origens europeias. O população branca representa mais ou menos um terço da população total da Colômbia. Sua ascendência é principalmente espanhola e, em menor medida, também italiana, alemã, francesa e de países eslavos. Bogotá e Medellin São as duas cidades com maior percentual de população branca do país.

Afro-colombianos

O número total de colombianos incluídos neste grupo varia de acordo com os diferentes estudos, embora varie de 7% a 25%, dependendo se outros grupos como o raízes ou Palenqueros. Parece haver mais acordo sobre a distribuição demográfica do Afro-colombianos, claramente concentrado na costa do Pacífico. No Departamento de chocó por exemplo, este grupo é esmagadoramente a maioria.

Esse segmento da população colombiana tem sua origem nos escravos negros trazidos à força das terras africanas para a América. Hoje, a Constituição colombiana reconhece plenamente os direitos, a cultura, os costumes e as tradições dos afro-colombianos.

Nativos

A porcentagem da população indígena na Colômbia foi drasticamente reduzida no século passado e hoje está em torno de 4-5%. De acordo com o Censo de 2005, aproximadamente metade das indígena do país estão concentrados em departamentos de La Guajira, Cauca e Nariño. A Constituição de 1991 garantiu o reconhecimento dos direitos fundamentais desses povos. O riqueza cultural e linguística desses povos (64 línguas ameríndias são faladas na Colômbia).

árabe

Vindo de países do Oriente Médio, como Síria ou Líbano, que começou a chegar ao país no final do século XIX. É calculado que há cerca de 2,5 milhões de colombianos de origem árabe, embora apenas uma pequena parte deles se declare muçulmano.

Vestido colombiano de cumbia

Os trajes típicos da cumbia colombiana

Expressões culturais da colômbia

O colorido resultado da mistura de europeus, indígenas e africanos dá origem a inúmeras e variadas expressões culturais que tornam Colômbia um país multicultural como poucos no mundo.

Ao substrato cultural das civilizações indígenas, os espanhóis agregaram, entre outros, o catolicismo ou o sistema feudal da encomienda, além das contribuições tecnológicas da época. Os africanos, levados como escravos do novo mundo, trouxeram consigo novas expressões culturais e artísticas, principalmente no campo da música e da dança. Atrás do independência da Colômbia, os crioulos tentaram estabelecer um sistema político pluralista. Por outro lado, a mistura dos diferentes grupos raciais deu origem à formação de novas etnias.

Arquitetura, artes plásticas, literatura, música, gastronomia… Em cada uma dessas áreas da cultura colombiana, a fusão de diferentes elementos está presente como um elemento enriquecedor.

Especialmente no campo linguístico A Colômbia se destaca por sua diversidade. O español, a língua mais falada, tem inúmeras variantes de dialeto. Por outro lado, línguas indígenas São um valioso tesouro cultural formado por mais de 60 línguas, de origem amazônica no sul do país e da família Arawak no norte.

Além disso, o religião como expressão cultural, capta esse multiculturalismo. Embora a grande maioria dos colombianos seja católica, como um estado laico, a Colômbia garante a liberdade de culto e os direitos de outras comunidades religiosas, como evangélicos, testemunhas de Jeová, budistas, muçulmanos ou judeus.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

5 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1.   JOÃO DAVID RANGEL dito

    Olá

  2.   JOÃO DAVID RANGEL dito

    ESTOU ENFRENTADO ESTAS RESPOSTAS

  3.   JOÃO DAVID RANGEL dito

    ELES SÃO OS MELHORES OBRIGADOS

  4.   nicolldayanna dito

    É impressionante o que posso acreditar, obrigado são as melhores vibrações boas

  5.   Dayana Castro dito

    Aww Loo Improver Ok <3

bool (verdadeiro)